Surdos e Ouvintes unidos pelos direitos do SURDO

//www.youtube.com/get_player

Notícia da RPC, dia 01/06/2009

Surdos fazem passeata em Curitiba em defesa de direitos na educação

Entre as principais reivindicações estão a contratação de professores surdos e intérpretes de Libras para todas as escolas do estado, além do ensino da linguagem de sinais nos colégios onde estudam alunos surdos

01/06/2009 | 10:33 | Célio Yano e Gladson Angeli atualizado em 01/06/2009 às 17:30


Um grupo de surdos, professores e familiares realizou na manhã desta segunda-feira (1º) uma passeata pelas ruas do Centro e do Centro Cívico de Curitiba em um protesto em defesa dos direitos dos deficientes auditivos na educação pública do Paraná. De acordo com a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), mais de 500 pessoas estariam participando do movimento, que foi encerrado no fim da manhã em frente ao Palácio das Araucárias, sede do governo estadual. A Polícia Militar informa não ter estimativa do número de participantes.

Entre as principais reivindicações do grupo estão a contratação imediata de professores surdos e intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para atuarem em todas as escolas do estado; o ensino de Libras nos cursos de formação de professores, em universidade públicas e privadas; além do ensino de Libras nas escolas onde estudam alunos surdos.

Segundo Iraci Suzin, diretora administrativa da Feneis-PR, o protesto é pacífico. “Estamos apenas pedindo o cumprimento de determinações que já estão previstas em lei”, diz. O Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), que acompanha a passeata, informou por volta das 10h30 que o movimento não chegava a afetar o tráfego de veículos. A polícia não tinha uma estimativa de quantas pessoas integravam a passeata. Grupos de outras regionais do Paraná, como Foz do Iguaçu e Guarapuava, participam da manifestação.

 

ultima = 0;

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: