Progression: A documentary on music therapy

 

Este documentário analisa os diferentes indivíduos que podem se beneficiar da musicoterapia. Também analisa o futuro da musicoterapia na Irlanda, já que esta terapia ainda não recebeu reconhecimento legal na Irlanda.

Especialização em Musicoterapia

Especialização em Musicoterapia.

Mais informações: pos.musicoterapia@unespar.edu.br

 

BANNERPOSMUSICOTERAPIASmall

O curso de Especialização Lato Sensu, Musicoterapia: música e saúde na contemporaneidade tem ressonância com as necessidades sentidas pelos profissionais formados na FAP e em outras instituições do território brasileiro. A busca se concentra em aprofundar e atualizar conhecimento sobre o papel significativo da prática musicoterapêutica sobre a saúde do cliente. Isso porque o musicoterapeuta utiliza a música de forma cientificamente planejada para promover transformações significativas à condição de saúde biopsicossocial do cliente. Está organizada em quatro (4) eixos com dezoito (18) aulas aos finais de semana uma a duas vezes ao mês. Cada eixo, com carga horária aproximada de 80h (oitenta horas), contém disciplinas ministradas por professores do curso de Bacharelado em Musicoterapia e professores convidados, inclusive de âmbito internacional. Oferece horas para seminários temáticos por eixos onde os alunos apresentarão trabalhos construídos com os conhecimentos apreendidos. Os profissionais convidados são indicados pela relevância na produção e prática profissional no território nacional e América Latina. Os musicoterapeutas terão acesso aconteúdos teóricos e práticos atualizados na área da musicoterapia. Também serão inseridos em ambientes de reflexão e construção de conhecimentos na integração de conteúdos e questionamentos apresentados em aulas expositivas, interativas, práticas, presencial e semi presencial.A carga horária total dos Eixos somam 320h. Conta-se também mais 10h para a prática supervisionada (2 horas de supervisão), 50h para a realização, conclusão e entrega do Trabalho de Conclusão do Curso no formato de artigo científico, para a integralização do curso. O curso totaliza 380h (trezentas e oitenta horas) de trabalhos.
Justificativas: Por apresentar ressonância com as necessidades sentidas pelos profissionais formados na FAP e em outras instituições do território brasileiro;
Por apresentar, no cabedal de disciplinas ofertadas aos musicoterapeutas, o acesso a conteúdos teóricos e práticos atualizados na área da Musicoterapia;
Por fomentar durante o curso a inserção dos alunos em ambientes de reflexões e construções de conhecimentos na integração de conteúdos e questionamentos apresentados em aulas expositivas, interativas, práticas presenciais e semi presenciais;
Por aprofundar e atualizar conhecimento sobre o papel significativo da prática musicoterapêutica sobre a saúde do cliente. Isso porque o musicoterapeuta utiliza a música de forma cientificamente planejada para promover transformações significativas à condição de saúde biopsicossocial do cliente;
Por discutir o papel profissional do musicoterapeuta em equipes multiprofissionais, seja na área da saúde ou educação ou social;
Por aspirar à ampliação das publicações na área para futura implementação de um programa de mestrado.

Disciplinas: EIXO 1- Musicoterapia, Música, Saúde e Bem Estar
Música e cognição musical em saúde: pesquisas recentes envolvendo música e neurociências;
Musicoterapia Social Comunitária: abordagens e aplicabilidades;
Musicoterapia na Saúde Mental: abordagens e aplicabilidades;
Musicoterapia Educacional: práticas pedagógicas para desenvolvimento humano e inclusão;
Musicoterapia Hospitalar: especificidades e aplicabilidades;
Tópicos Especiais em Musicoterapia, cognição musical, Música, Saúde e Bem Estar.

Disciplinas EIXO 2 – Metodologia da Pesquisa e instrumentos específicos de análise e avaliação
Instrumentos de avaliação em Musicoterapia aplicados à pesquisa e clínica I;
Instrumentos de avaliação em Musicoterapia aplicados à pesquisa e clínica II;
Metodologia qualitativa, quantitativa e mista de pesquisa em Musicoterapia;
Tópicos Especiais em Metodologia da Pesquisa: desenvolvimento do projeto de pesquisa.

Disciplinas EIXO 3 -Práticas Musicais em Musicoterapia
Improvisação musical e clínica;
Composição e audição musicais em Musicoterapia;
Recriação musical na prática clínica;
Tópicos Especiais em práticas musicais em musicoterapia: atividade prática das técnicas vivenciadas.

Disciplinas EIXO 4 – Música, Saúde, Contemporaneidade e diversidades
Pessoas em situação de vulnerabilidade na contemporaneidade;
Direitos humanos e diversidades;
Políticas públicas e legislação;
Música, cidadania e diversidade na contemporaneidade;
Tópicos Especiais em Música, Saúde, Contemporaneidade e diversidades.

Corpo Docente:
Mark Ettenberger
Marília Nunes
Claudia Regina Zanini
Araci Ansinelli da Luz
Gastão Octavio Franco da Luz
Andressa Dias Arnd
Camila Siqueira Gouvêa Acosta Gonçalves
Sheila Beggiato
Mariana Arruda Lacerda
Noemi Nascimento Ansay
Rosemyriam Cunha
Clara Márcia de Freitas Piazzetta
Lydio Robert Silva
Frederico Pedrosa
Bernadete Grillo
Gislaine Vagetti
Ederson Marques Goes
Patrícia de Mello
André Brandalise
Lia Rejane Mendes Barcellos
Marina Freire
Alexandre Mauat
Marly Chagas

https://www.facebook.com/events/569528526762930/

Revista Brasileira de Musicoterapia ANO XIX NÚMERO ED. ESPECIAL / 2017

Revista-Brasileira-de-Musicoterapia_2017-EE-capa-crop

 

Leia a Revista Completa: http://www.revistademusicoterapia.mus.br/wp-content/uploads/2018/04/Revista-Brasileira-de-Musicoterapia_2017-EE.pdf

  • O que as pesquisas em musicoterapia falam da infância e da adolescência?
    How does research in music therapy concerns in childhood and adolescence?  Noemi Nascimento Ansay

p. 298

  • Musicoterapia na escola: desafios e perspectivas para a construção de espaços inclusivos
    Music therapy in school: challenges and perspectives for the construction of inclusive spaces
    Lindsy Fernandes da Silva
    Noemi Nascimento Ansay

p.98

InCantare: períodico que articula arte, saúde e educação

29136682_1628119643940465_8241706340221714432_n

http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/incantare

Foco e Escopo

A InCantare é uma revista interdisciplinar que enfatiza a veiculação de artigos que tratam de articulações entre arte, saúde e educação. O periódico é uma publicação do Campus de Curitiba II da Faculdade de Artes do Paraná – FAP/UNESPAR, com periodicidade semestral. A revista foi criada no ano de 2010, intitulada NEPIM (ISSN 2237-3365) e no ano de 2012 foi renomeada para InCantare. Mantida pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Musicoterapia – NEPIM, a revista tem por objetivo publicar e divulgar artigos originais e inéditos de autores filiados a grupos de pesquisa, que tragam contribuições para o campo da Musicoterapia, da Música, da Educação, da Saúde e de áreas afins, fomentando assim o intercâmbio entre pesquisadores de diversas instituições universitárias do país. Atualmente, a revista encontra-se indexada nas bases Periódicos (CAPES), Sumários (nacional), Latindex (latino americano), e Copernicus (internacional). A Revista InCantare está disponível na versão on-line, ISSN 2317-417X. As contribuições enviadas pelos autores serão submetidas ao processo de revisão cega por pares de no mínimo dois relatores especialistas ad-hoc mais a revisão dos editores.

A Revista InCantare recebe artigos para dois volumes ao ano e a submissão é feita exclusivamente através de cadastro do autor no portal de periódicos da UNESPAR. A publicação tem por objetivo divulgar artigos nas áreas de Musicoterapia, Música, Educação, Saúde e afins, nas suas mais variadas formas de análise disciplinar, incentivando assim o intercâmbio de conhecimento entre pesquisadores de diversas instituições de ensino, sejam elas brasileiras ou estrangeiras.

Pesquisa sobre a Música no Cotidiano das pessoas surdas

 

Queridos (as) amigos (as) surdos (as)

Meu nome é Noemi Nascimento Ansay, sou professora da Faculdade de Artes do Paraná (UNESPAR) e junto com minha aluna Thabata Moraes, estamos desenvolvendo uma pesquisa sobre Música no Cotidiano de Pessoas Surdas. O questionário é direcionado somente a pessoas surdas, maiores de 18 anos e sem identificação pessoal. Pedimos sua ajuda na divulgação da pesquisa.
Esse é o link do questionário: https://goo.gl/forms/AmnyK8I5ncz2mbd43
Abraços!

XVII ENPEMT e IX ENEMT na UFG

Bacharelado de Musicoterapia, professoras, egressos e estudantes.

22552349_10154809246511583_2161769938946481013_n

Participei da mesa redonda “Musicoterapia no percurso da vida”, junto com a Professora Dra. Melissa Mercadal-Brotons  ( Presidente da Word Federation of Music Therapy) e o Professor Dr. Diego Schapira, Programa Adim Musicoterapia no XVII EMPEMT e IX ENEMT foi um desafio e uma honra.

Meu trabalho se intitulou: ” O que as pesquisas em Musicoterapia falam sobre a infância e adolescência?

ENPEMT 14 de outubro titulo

ENPEMT 14 de outubroFalei a respeito de três aspectos: música da infância e adolescência,  tendências e singularidades das pesquisas sobre infância e adolescência: um panorama do VI CLAM e e do XV Congresso Mundial de Musicoterapia, perspectivas futuras e possíveis agendas de pesquisa.Espero em breve, publicar um artigo, sobre os resultados.

Gratidão pela oportunidade de compartilhar conhecimentos  e estreitar laços de amizade.

Tecnologia musical : DJ Fresh & Mindtunes

 

DJ Fresh & Mindtunes: A track created only by the mind (Documentary)

“A música como estímulo multimodal e a sua relação com as áreas funcionais do cérebro.” Profº Raúl Enrique Rincón Florez (Universidade Nacional da Colômbia)

“A música como estímulo multimodal e a sua relação com as áreas funcionais do cérebro.”

Teremos o prazer de receber nas próximas semanas a visita do Engenheiro de Som, Musicoterapeuta e Professor da Universidade Nacional da Colômbia – Raúl Enrique Rincón Florez, no Campus Curitiba II – Unespar
Todos estão convidados a participar das palestras e mini-cursos: estudantes, musicoterapeutas e educadores musicais !!!!! Inscrições no Local – emitiremos certificados de participação.   

LA_MUSICA_COMO_ESTIMULO_MULTIMODAL

Musicoterapia no atendimento da UTI neonatal

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fkatiarfontoura%2Fvideos%2F1566912966669754%2F&show_text=1&width=560

Site no WordPress.com.

Acima ↑

X Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia (ENEMT)

Sítio virtual do Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia evento realizado no Brasil desde 2009!

escamandro

poesia tradução crítica

Filipe Miguel

Amor Desejo Sedução Romance... à vossa disposição aqui

Beija-flor Cigano

Poesias, frases e pensamentos

Diário da Inclusão Social

A inclusão como ferramenta de transformação social

Depressão com Poesia

Assumi, estou com uma doença que afeta a saúde e apaga o amável. Depressão aqui vou te descrever com informes e POESIA. A dor em forma de arte.

escritora claudia isadora fernandes de oliveira

blog para divulgar meus livros e outras cositas más q ando aprontando...;)

Blog Carol Luvizotto

Ponto de vista: Carreira Acadêmica, Pesquisa Científica e Educação

Thiago Amazonas de Melo

Não acreditem em nada do que eu digo aqui. Isso não é um diário. Eu minto.

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: