Livro: No teu deserto – Miguel Sousa Tavares

No Teu Deserto (Vol. 17)

“Mas, desta viagem, eu lembro-me exactamente quando foi e que idade tinha: tinha trinta e seis anos, e lembro-me por isso mesmo, porque foi o ano da minha vida em que me senti mais novo. Nem aos vinte e cinco, nem aos vinte e um, nem aos dezoito. Foi aos trinta e seis anos de idade que eu me senti eternamente jovem.” ( TAVARES, 2012, p. 10)

Site no WordPress.com.

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: