A história do Pranto – Alan Pauls

História do Pranto (Vol. 16)

” Ele a vê chorar no recreio debaixo da escada, de cócoras, cercada por um cordão de amigas que amplificam sua condição de humilhada num rosário de gestos grandiloquentes; no laboratório de ciências naturais, vertendo lágrimas no saco ventral do sapo que algum companheiro piedoso aceitou estripar em seu lugar; no refeitório, diante de um prato de suflê de batatas que esfria; no meio de uma aula de ginástica, onde, ofuscada por um acesso de choro que a surpreende quando começa a correr, acaba tropeçando na barra que deveria ter saltado; ao sair do colégio, cabisbaixa, enquanto caminha para o carro arrastando pelo chão o couro caríssimo da mala, vazia como seu coração. Ele a vê chorar mesmo quando não a vê […]

PAULS, Alan. A história do pranto.MEDIAfashion, São Paulo, 2012

Site no WordPress.com.

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: