Rafael Silveira no MON

Circonjecturas     Rafael Silveira

 

 

Bem no meio

das tuas curvas e retas niemeyerianas

surgem olhos e orelhas curiosas

uma língua imensa

uma boca ávida

por beijar

triturar

 digerir

teu imenso

prazeiroso

infinito

 surreal

mundo

interior.

Noemi N. Ansay

 

 

Como funciona nosso ouvido?

A orelha funciona como uma concha acústica, que capta os sons e os direciona para o canal auditivo. As ondas sonoras fazem vibrar o ar dentro do canal do ouvido e a vibração é transmitida ao tímpano. Esticada como a pele de um tambor, a membrana timpânica vibra, movendo o osso martelo, que faz vibrar o osso bigorna, que por sua vez, faz vibrar o osso estribo. Esses ossículos funcionam como amplificadores das vibrações. A base do osso estribo se conecta a uma região da membrana da cóclea denominada janela oval, e a faz vibrar, comunicando a vibração ao líquido coclear. O movimento desse líquido faz vibrar a membrana basilar e as células sensoriais. Os pelos dessas células, ao encostar levemente na membrana tectórica, geram impulsos nervosos, que são transmitidos pelo nervo auditivo ao centro de audição do córtex cerebral.

http://www.sobiologia.com.br/conteudos/FisiologiaAnimal/sentido6.php

Maravilhoso perceber cada detalhe no processo da audição, a anatomia e fisiologia do ouvido. Fico imaginando todo esse processo durante a audição de uma música.

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: