Vida

En unge till – “Lennart Nilsson”

Resultado de imagem para lennart nilsson a child is born

A vida é tão interessante, tão bonita, tão paradoxal, tão rica, tão distinta, tão autêntica, tão simples, tão complexa, tão orgânica, tão social, tão vívida, tão colorida, tão doce, tão amarga, tão brilhante… A Vida chora, ri, sangra, cresce, pulsa, borbulha, treme, pinica, corta, range, sussurra, descansa, grita, respira, repulsa, enjoa, cansa, deita, levanta, insiste, persevera, tolera, teima, torce, canta, silencia, procura, encontra, perde, acha, adoece, sara, pulsa, queima, ganha, perde, soluça, sente, flui, corre, morre e ressuscita. Como vivê-la? Vivendo.

noemi n. ansay

InCantare: períodico que articula arte, saúde e educação

29136682_1628119643940465_8241706340221714432_n

http://periodicos.unespar.edu.br/index.php/incantare

Foco e Escopo

A InCantare é uma revista interdisciplinar que enfatiza a veiculação de artigos que tratam de articulações entre arte, saúde e educação. O periódico é uma publicação do Campus de Curitiba II da Faculdade de Artes do Paraná – FAP/UNESPAR, com periodicidade semestral. A revista foi criada no ano de 2010, intitulada NEPIM (ISSN 2237-3365) e no ano de 2012 foi renomeada para InCantare. Mantida pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Musicoterapia – NEPIM, a revista tem por objetivo publicar e divulgar artigos originais e inéditos de autores filiados a grupos de pesquisa, que tragam contribuições para o campo da Musicoterapia, da Música, da Educação, da Saúde e de áreas afins, fomentando assim o intercâmbio entre pesquisadores de diversas instituições universitárias do país. Atualmente, a revista encontra-se indexada nas bases Periódicos (CAPES), Sumários (nacional), Latindex (latino americano), e Copernicus (internacional). A Revista InCantare está disponível na versão on-line, ISSN 2317-417X. As contribuições enviadas pelos autores serão submetidas ao processo de revisão cega por pares de no mínimo dois relatores especialistas ad-hoc mais a revisão dos editores.

A Revista InCantare recebe artigos para dois volumes ao ano e a submissão é feita exclusivamente através de cadastro do autor no portal de periódicos da UNESPAR. A publicação tem por objetivo divulgar artigos nas áreas de Musicoterapia, Música, Educação, Saúde e afins, nas suas mais variadas formas de análise disciplinar, incentivando assim o intercâmbio de conhecimento entre pesquisadores de diversas instituições de ensino, sejam elas brasileiras ou estrangeiras.

XVII ENPEMT e IX ENEMT na UFG

Bacharelado de Musicoterapia, professoras, egressos e estudantes.

22552349_10154809246511583_2161769938946481013_n

Participei da mesa redonda “Musicoterapia no percurso da vida”, junto com a Professora Dra. Melissa Mercadal-Brotons  ( Presidente da Word Federation of Music Therapy) e o Professor Dr. Diego Schapira, Programa Adim Musicoterapia no XVII EMPEMT e IX ENEMT foi um desafio e uma honra.

Meu trabalho se intitulou: ” O que as pesquisas em Musicoterapia falam sobre a infância e adolescência?

ENPEMT 14 de outubro titulo

ENPEMT 14 de outubroFalei a respeito de três aspectos: música da infância e adolescência,  tendências e singularidades das pesquisas sobre infância e adolescência: um panorama do VI CLAM e e do XV Congresso Mundial de Musicoterapia, perspectivas futuras e possíveis agendas de pesquisa.Espero em breve, publicar um artigo, sobre os resultados.

Gratidão pela oportunidade de compartilhar conhecimentos  e estreitar laços de amizade.

Tokyo – I Love You

 

 

Tóquio (em japonês: 東京) literalmente “capital do Leste”), oficialmente Metrópole de Tóquio (東京都, Tōkyō-to?), é a capital do país e de uma das 47 províncias do JapãoSitua-se em Honshu, a maior ilha do arquipélago. Tóquio possui 9 790 000 habitantes, cerca de 10% da população do país e a Região Metropolitana de Tóquio possui mais de 37 milhões de habitantes, o que torna a aglomeração de Tóquio, independentemente de como se define, como a área urbana mais populosa do mundo. Um de seus monumentos mais famosos é a Torre de Tóquio. Foi fundada em 1457, com o nome de Edo ou Yedo. Tornou-se a capital do Império em 1868 com a atual designação. Sofreu grande destruição duas vezes; uma em 1923, quando foi atingida por um terremoto; e outra em 1944 e 1945, quando bombardeios americanos destruíram grande parte da cidade, sendo que no total foi destruída 51% de sua área e mataram mais de 150 mil pessoas.

Embora Tóquio seja considerada um dos maiores centros financeiros do mundo (ao lado de Nova York e Londres), e uma “Cidade Global Alfa++“, ela não é, tecnicamente, uma cidade. Não há no Japão uma cidade chamada “Tóquio”. Na verdade, Tóquio é designada como uma metrópole (, to?), similar a uma prefeitura do Japão (, ken?), e é constituída por 23 bairros (, ku?), 26 cidades primárias (, shi?), cinco cidades secundárias (, cho ou machi?) e oito vilas diferentes (, son ou mura?). Cada uma delas possui um governo que opera no nível regional. Também fazem parte de Tóquio pequenas ilhas no Oceano Pacífico, localizadas a mais de 1000 km para sul, nos subtrópicos.[13]

Mais de oito milhões de pessoas vivem dentro dos 23 distritos autônomos que constituem a parte central de Tóquio. Estes 23 distritos definem a “Cidade de Tóquio”, na opinião da maioria dos especialistas e outras pessoas, possuindo 8 340 000 habitantes. A população de Tóquio aumenta em 2,5 milhões ao longo do dia, devido aos estudantes e trabalhadores de prefeituras vizinhas, que vão à Tóquio para estudar e trabalhar. A população total dos bairros de ChiyodaChuo e Minato, que compõem a região central de Tóquio, e onde está localizado o principal centro financeiro do país, é de menos de 300 mil habitantes; porém, mais de dois milhões de pessoas trabalham na região.Tóquio é o principal centro político, financeiro, comercial, educacional e cultural do Japão. Assim sendo, Tóquio possui a maior concentração de sedes de empresas comerciais, instituições de ensino superior, teatros e outros estabelecimentos comerciais e culturais do país. Tóquio também possui um sistema de transporte público altamente desenvolvido, com numerosas linhas de trensmetrô e de ônibus, bem como o Aeroporto Internacional de Tóquio.

Wikipedia

imageproxy

Michael Jackson – Que falta você nos faz – 8 anos da sua partida.

19420448_10154511464616583_4765801583798206442_n

Imagem: https://www.facebook.com/michaeljackson/

Gênio musical, um artista completo, uma alma sensível, amigo fiel, um pai, um filantropo e sobretudo um visionário.

Cresci escutando esse talento indiscutível. Nos anos 80, dançávamos e cantávamos seus hits, sua música nos tocava de forma profunda. Seu legado é tão grande que se estendeu para todas as vertentes de arte pop e manifestações artísticas. Ontem, escutei por algumas horas suas músicas, sem me dar conta, que hoje fariam 8 anos que ele se foi, mas sua obra vive em nossa memória e se renova sempre.

 

Rafael Silveira no MON

Circonjecturas     Rafael Silveira

 

 

Bem no meio

das tuas curvas e retas niemeyerianas

surgem olhos e orelhas curiosas

uma língua imensa

uma boca ávida

por beijar

triturar

 digerir

teu imenso

prazeiroso

infinito

 surreal

mundo

interior.

Noemi N. Ansay

 

 

Poema: Mulheres

Mulheres

Caso tenhas coragem,
verás até onde me estendo.
Rubra flor, perfumada e fértil de vida.
Braços longos, que se agarram a terra,
raízes de uma imensa sequoia.
Asas alvas, pássaro que fende os ares.
Quero raízes e quero voar,
sou toda contradição,
sou força e delicadeza,
sou totalidade e singularidade,
sou toda flor, árvore e pássaro.

Noemi N. Ansay
08/03/2017

Imagem: Gustav Klimt : Mother and Child

Filme iraniano “O apartamento” de Asghar Farhadi,

Assisti o filme “O Apartamento”, que venceu melhor filme estrangeiro no Oscar 2017, a película mostra o desmoronamento da alma e das relações humanas, a vida cotidiana de iranianos, a vida de professores e estudantes e os ensaios e a apresentação de uma peça de teatro.

Com o desenrolar das cenas o telespectador vivencia a banalização da violência contra mulher, o machismo nosso de cada dia, a culpa, a vergonha, as fragilidades e sobretudo a luta pela sobrevivência. Emocionante !

 

Calidoscópio

 

Calamidade no corpo, cabeça e coração.

No corpo cárcere, calafrio, congestão,

na cabeça cálculo, colapso, convulsão,

no coração cólera, culpa, corrupção.

Enclausurada em si questiona:

Como compreender o congelamento do coração?

Como viver em meio a contradição?

 

noemi n. ansay

Cena do Filme Angel-A (2005), de Luc Besson sobre baixa autoestima

Amar a si para amar o próximo !
“Em Si-mesmo o Si é o que está dentro de Si e que
extravasa para fora de Si.”
n.n.a

Site no WordPress.com.

Acima ↑

X Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia (ENEMT)

Sítio virtual do Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia evento realizado no Brasil desde 2009!

escamandro

poesia tradução crítica

Filipe Miguel

Amor Desejo Sedução Romance... à vossa disposição aqui

Beija-flor Cigano

Poesias, frases e pensamentos

Diário da Inclusão Social

A inclusão como ferramenta de transformação social

Depressão com Poesia

Assumi, estou com uma doença que afeta a saúde e apaga o amável. Depressão aqui vou te descrever com informes e POESIA. A dor em forma de arte.

escritora claudia isadora fernandes de oliveira

blog para divulgar meus livros e outras cositas más q ando aprontando...;)

Blog Carol Luvizotto

Ponto de vista: Carreira Acadêmica, Pesquisa Científica e Educação

Thiago Amazonas de Melo

Não acreditem em nada do que eu digo aqui. Isso não é um diário. Eu minto.

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: