Será o Chile de hoje o Brasil de amanhã?

 

20200130_200627

Em janeiro, estive no Chile e para além das belezas naturais indizíveis deste país que amo e respeito e de um povo amável e aguerrido, vi cenas que mostram o momento de convulsão social pelo qual passam.

Pelas ruas manifestos violentos entre a população e os “carabineiros”, que não exitam em jogar gás lacrimogênio e pimenta, tanques na rua, Igrejas fechadas, lojas depredadas, cartazes e grafites por toda parte, um grande número de pessoas morando nas ruas e um clima de tensão em áreas mais populares.

Nas falas dos chilenos percebe-se uma preocupação pelo futuro e um receio de que em março as revoltas retornem com mais força, por outro lado, nos noticiários, representantes do governo, prometem mudanças e parecem não atentarem para realidade do povo.

Em 2016, quando finalizei meu doutorado, percebia nitidamente, que os caminhos democráticos que o Brasil estava tomando eram acertados, se comparados com as políticas neoliberais,  assumidas no Chile.   Mesmo com índices de desenvolvimento menores que o Chile, as políticas de distribuição de renda no Brasil vinham mostrando sinais de avanço para população.

Entre os motivos das revoltas no Chile, estão as grandes desigualdades sociais, assim como no Brasil, onde 1 % mais rico da população detém mais de 25% das riquezas do país. No Chile a previdência é privada e os trabalhadores aposentados não conseguem se manter de maneira digna. Também a instabilidade nos mercados internacionais geram uma queda do preço do cobre e desvalorização do peso chileno. A situação é complexa e demanda análises conjunturais.

No Brasil, o atual governo e o Ministro Paulo Guedes, miram no Chile como uma referência de desenvolvimento social e econômico. Será? Depois do que vi, acredito ser esta uma aposta equivocada, o neoliberalismo, com suas diferentes artimanhas, só tornará os ricos cada vez mais ricos e os pobres de igual modo, mais pobre.

A questão é como promover o desenvolvimento e redistribuir melhor a renda, diminuindo a pobreza e a desigualdade social?

No Chile o povo pede uma nova constituição para 2020, uma constituinte que garanta os direitos fundamentais de todos !!!!!

Chile resiste !

Brasil resiste !

América Latina resiste !Fonte: http://www.ppge.ufpr.br/teses%20d2016/d2016_Noemi%20Nascimento%20Ansay.pdf

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

Planeta NSTM

Página web basada en el arte conceptual, poesía, noticias destacadas, análisis de múltiples temas sociales, económicos y políticos.

Poeta da Garrafa

Este sítio expõem a palavra, a imagem, a voz da minha poesia. Foto: Odilon Machado de Lourenço.

XI Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia (ENEMT)

Site do Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia evento realizado no Brasil desde 2009!

escamandro

poesia tradução crítica

Filipe Miguel

Frases, pensamentos, textos... amor, amizade, saudade, sentimentos à flor da pele.

Beija-flor Cigano

Poesias, frases e pensamentos

Diário da Inclusão Social

A inclusão como ferramenta de transformação social

Depressão com Poesia

SOBRE SAÚDE MENTAL E POESIAS

escritora claudia isadora fernandes de oliveira

blog para divulgar meus livros e outras cositas más q ando aprontando...;)

Thiago Amazonas de Melo

Não acreditem em nada do que eu digo aqui. Isso não é um diário. Eu minto.

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: