Poemas aos Homens do nosso tempo

(X)

Amada vida:

Que essa garra de ferro

Imensa

Que apunhala a palavra

Se afaste

Da boca dos poetas.

PÁSSARO-PALAVRA

LIVRE

VOLÚPIA DE SER ASA

NA MINHA BOCA.

Que essa garra de ferro

Imensa

Que me dilacera

Desapareça

Do ensolarado roteiro

Do poeta.

PÁSSARO-PALAVRA

LIVRE

VOLÚPIA DE SER ASA

NA MINHA BOCA.


(Júbilo, Memória, Noviciado da Paixão, Ed. Globo, São Paulo, 2003)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

NSTM Planet

Elije el amanecer, el nuevo comienzo.

Poeta da Garrafa

Este sítio expõem a palavra, a imagem, a voz da minha poesia. Foto: Odilon Machado de Lourenço.

XI Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia (ENEMT)

Site do Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia evento realizado no Brasil desde 2009!

escamandro

poesia tradução crítica

Filipe Miguel

Frases, pensamentos, textos... amor, amizade, saudade, sentimentos à flor da pele.

Diário da Inclusão Social

A inclusão como ferramenta de transformação social

Depressão com Poesia

SOBRE SAÚDE INTEGRAL E POESIAS

escritora claudia isadora fernandes de oliveira

blog para divulgar meus livros e outras cositas más q ando aprontando...;)

Thiago Amazonas de Melo

Não acreditem em nada do que eu digo aqui. Isso não é um diário. Eu minto.

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: