Cema, Cema, Iracema

Cema, Cema, Iracema



Habitam em minha memória,
a casa da Iracema, da tia Cema,
os sofás vermelhos de veludo,
os tapetes sempre impecáveis,
o piano na sala de estar.



os lençóis alvos e perfumados,
o pé de maracujá no quintal,
a foto do casal Levi e Cema
na parede de um cômodo,
tudo sempre em perfeita ordem.


Nunca vi tal esmero com toalhas, louças e talheres.
Dona Cema, dada a muito trabalho
já no inicio do dia, abria janelas e portas,
deixando o sol entrar sem cerimônia,
iluminando os quartos e as vidas.


Memória da dispensa farta,
dos queijos coloniais,
da cozinha, coração e alma da casa,
onde ainda menina
provava a boa comida da tia Cema.


Cema, Cema, Iracema
mulher virtuosa,
mãe de cinco filhos,
vó de oito netos,
tia de muitos sobrinhos.


Amo-te Cema!
Amo seus olhos brilhantes,
que me ensinam que a vida,
ainda que dorida,
vale a pena ser vivida.

Homenagem para querida Tia Cema (in memorian)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

Poeta da Garrafa

Este sítio expõem a palavra, a imagem, a voz da minha poesia. Foto: Odilon Machado de Lourenço.

XI Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia (ENEMT)

Site do Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia evento realizado no Brasil desde 2009!

escamandro

poesia tradução crítica

Filipe Miguel

Um mundo inteiro à nossa frente, Um olhar profundo que se sente

Beija-flor Cigano

Poesias, frases e pensamentos

Diário da Inclusão Social

A inclusão como ferramenta de transformação social

Depressão com Poesia

Assumi o conflito que afeta a saúde mental e apaga o amável: depressão. A qual combato com a força da escrita, com a POESIA. Uma forma de elaborar a dor em arte. Vem e vamos juntos ler a vida.

escritora claudia isadora fernandes de oliveira

blog para divulgar meus livros e outras cositas más q ando aprontando...;)

Blog Carol Luvizotto

Ponto de vista: Carreira Acadêmica, Pesquisa Científica e Educação

Thiago Amazonas de Melo

Não acreditem em nada do que eu digo aqui. Isso não é um diário. Eu minto.

noemiansaygmail.wordpress.com/

Poética do Cotidiano

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: