Poema: Pequena Borboleta

Pequena Borboleta
Frágil, seda viva inacabada,
vida contida no casulo,
feia, asquerosa, cinza, inacabada.
Não diga que tudo termina por aqui,
que o casulo é a sepultura,
que meu pranto, meu silêncio, minha veneração foram em vão.
Vi-te saindo lenta, miraculosa do teu invólucro,
tuas antenas, teus olhos castanhos,  teu corpo longilíneo,
 teu par de asas que abriu-se em um azul cobalto fosforescente.
Meus olhos te seguiram fascinada, embriagada,
deslizavas como uma pequena bailarina,
quis agarrar-te com minha mão.
Meus dedos tocaram tuas asas cintilantes,
queria deter-te, empalhar-te em um quadro
só para contemplar diariamente tua formosura.
Mas querias ir, precisavas ir…
criatura feita de transparências e silêncios,
translúcida, vertiginosa , diáfana pétala de vida.
Choro tua decisão,
choro ter pesado minha mão tosca em tua singeleza,
choro esta impotência de fazer algo.
Se ao menos ainda pudesse ver-te voar pelos campos floridos,
Engoliria o choro, enxugaria minhas lágrimas,
enfrentaria inquieta este desacerto de ser gente.
n.n.a.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

XI Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia (ENEMT)

Sítio virtual do Encontro Nacional de Estudantes de Musicoterapia evento realizado no Brasil desde 2009!

escamandro

poesia tradução crítica

Filipe Miguel

Datas, frases, textos, horoscopo, viagens... Amor, desejo, romance e muito mais... Um mundo inteiro à nossa frente, Um olhar profundo que se sente

Beija-flor Cigano

Poesias, frases e pensamentos

Diário da Inclusão Social

A inclusão como ferramenta de transformação social

Depressão com Poesia

Assumi, estou com uma doença que afeta a saúde e apaga o amável. Depressão aqui vou te descrever com informes e POESIA. A dor em forma de arte.

escritora claudia isadora fernandes de oliveira

blog para divulgar meus livros e outras cositas más q ando aprontando...;)

Blog Carol Luvizotto

Ponto de vista: Carreira Acadêmica, Pesquisa Científica e Educação

Thiago Amazonas de Melo

Não acreditem em nada do que eu digo aqui. Isso não é um diário. Eu minto.

noemiansaygmail.wordpress.com/

Poética do Cotidiano

WordPress.com em Português (Brasil)

As últimas notícias do WordPress.com e da comunidade WordPress

%d blogueiros gostam disto: